Uesc mantém medidas de prevenção a Covid-19 em todo campus

"Todas as medidas adotadas desde o inicio da pandemia serão mantidas pela Universidade enquanto durar a pandemia do novo coronavirus causador do Sars CoV-2 (Covid-19)," garante o reitor Alessandro de Santana.
Por Ascom
23/02/2021 00h00

Uesc mantém medidas de prevenção a Covid-19 em todo campus

 

Após a suspensão das atividades presenciais da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) em março de 2020, foram adotadas medidas de proteção contra o coronavírus (Covid-19). Desde aquela ocasião, com a criação de comitês científicos e técnicos, foram e permanecem sendo realçadas as ações de higiene, distanciamento social, uso de máscaras obrigatório, entre outras.

A Pró-Reitoria de Administração (Proad/Uesc) lembra que diante das medidas de prevenção da infecção humana pelo novo coronavírus (Covid-19), dirigidas à comunidade escolar e universitária, divulgadas através da Nota Informativa conjunta da Sesab e Sec em 09 de março do ano passado, a Uesc imediatamente orientou as suas unidades quanto aos procedimentos necessários ao combate à proliferação do vírus.

A partir de março de 2020 e permanece por tempo indeterminado, os locais onde ocorre grande fluxo de pessoas, muito contato físico como maçanetas de portas, botões de elevador, corrimões e outros, a higienização é realizada três vezes ao dia com hipoclorito de sódio, e dos balcões, mesas, carteiras escolares, aparelhos telefônicos, teclados e mouse, duas vezes por turno com álcool gel 70%. A limpeza do chão dos corredores e salas de aula é realizada com Hipoclorito de Sódio e não apenas a varredura, pois as partículas de sujeira tendem a se espalhar pelo ar.

As empresas terceirizadas que atuam na Uesc, estão obrigadas a disponibilizar aos seus funcionários os equipamentos de proteção individual, como luvas, toucas e máscaras. A Universidade forneceu à empresa de vigilância dois termômetros digitais para que todas as pessoas que acessassem a instituição tenham sua temperatura auferida. As empresas terceirizadas estão orientadas a dispensar imediatamente os funcionários que apresentem sintomas característicos de infecção com o vírus para que procurem acompanhamento médico. 

Com relação aos veículos oficiais, permanece à higienização ao sair e retornar das viagens, a redução da capacidade de passageiros por veículo e disponibilização de álcool gel para motoristas e usuários bem como, o uso de máscara obrigatório, mesmo durante as viagens.

Mesmo permanecendo com atividades remotas, a Uesc comprou dispensadores para álcool gel, que foram instalados em todas as dependências do Campus e anexos em locais estratégicos. Foram adquiridos também dispensadores para sabonete líquido, suportes para papel toalha e papel higiênico, para que os danificados fossem substituídos e o reabastecimento constante dos estoques de álcool gel, álcool líquido, sabonete líquido, papel toalha, papel higiênico e hipoclorito de sódio. A primeira  desinfecção de todo o Campus e anexos, com aplicação de hipoclorito de sódio, foi realizada em junho de 2020 e a segunda foi realizada em janeiro deste ano 2021.

O reitor da Uesc, Alessandro Fernandes de Santana, reforça a importância das medidas de isolamento recomendadas pela Organização Mundial de Saúde, para quem pode permanecer em casa, e o uso obrigatório de máscara. Ele destacou que todas as medidas adotadas desde o inicio da pandemia serão mantidas pela Universidade enquanto durar a pandemia do novo coronavirus causador do Sars CoV-2 (Covid-19). “Nesse momento é fundamental salvar vidas,” conclui.

Compartilhe este conteúdo