Trimestre letivo excepcional não presencial da Uesc começa dia 5 de outubro

As atividades se darão com o uso e desenvolvimento de estratégias de ensino e aprendizagem por meio de formas de ensino não presencial
Por Ascom
08/09/2020 00h00
Atualizado em 09/09/2020 20h09

O início do período letivo trimestral excepcional da Uesc será no dia 5 de outubro. A medida foi aprovada na 50ª Reunião Extraordinária do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Estadual de Santa Cruz (Consepe/Uesc) que regulamentou, em caráter excepcional e temporário, as atividades de ensino de graduação e pós-graduação, tendo em vista o novo coronavírus SARS-CoV-2 causador da Covid-19. 

As atividades se darão com o uso e desenvolvimento de estratégias de ensino e aprendizagem por meio de formas de ensino não presencial, prioritariamente por processos de educação mediada por Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), recursos educacionais digitais e outras, como alternativas às atividades presenciais para o ensino de graduação e pós-graduação, denominado Ensino Não Presencial. 

Atenção aos pontos abaixo, sobre a graduação:

  • O/A discente que optar por não se matricular nas disciplinas/componentes curriculares ou não participar de atividades curriculares ofertadas na forma Trimestre Letivo Excepcional, não sofrerá qualquer prejuízo e lhe será assegurado a continuidade regular dos estudos no retorno presencial. 
  • O Trabalho de Conclusão Curso - TCC poderá ser ofertado com o desenvolvimento de atividade não presencial.
  • O/A discente poderá matricular-se em até 16 créditos e, em casos excepcionais, como possibilidade de integralização e conclusão de curso, o Colegiado poderá deliberar conforme o RG, Art. 98
  • Fica garantido que a reprovação em componente curricular não seja utilizada para o cálculo do CRA (Coeficiente de Rendimento Acadêmico).
  • O Trimestre Letivo Excepcional não contará para o cálculo do tempo de integralização do curso.
  • A UESC garantirá endereço eletrônico institucional a todos(as) discentes para o uso nas atividades propostas pelo Colegiado.
  • De 24 a 26 de setembro - solicitação de matrícula web – discentes ingressantes, veteranos(as), discentes com pedidos de retorno deferidos, candidatos(as) aprovados(as) no processo seletivo de transferência externa – cursos de graduação.

Veja outras datas e informações importantes no anexo da resolução Consepe 38/2020

A deliberação veio ao final de uma reunião que foi iniciada na manhã de quinta-feira(4) e encerrada no final da tarde de sexta (5). As proposições aprovadas estavam contidas no Relatório de Estudos para Adequação do Calendário Acadêmico 2020 da comissão instituída pela Portaria Uesc nº 328, de 13 de maio de 2020. A Resolução Consepe/Uesc nº38/2020, bem como o calendário Acadêmico Excepcional, estão publicados no site www.uesc.br.

O presidente do Conselho e reitor da Universidade, professor Alessandro Fernandes, finalizou a reunião afirmando: “Tenho a tranquilidade em dizer que começaremos o trimestre excepcional com muitos desafios, mas estaremos todos juntos e empenhados para mostrar à sociedade que a Uesc está cada vez mais viva, cumprindo o papel de alta relevância para sociedade e nós teremos que acolher, com muito carinho e atenção, os nossos discentes. Nunca é demais lembrar que estamos em isolamento social, ainda que de maneira virtual haverá aglomeração. Precisamos estar atentos para um momento muito sensível na vida das pessoas e isso vai requerer de cada um de nós, docentes, um trato muito especial na aplicação daquilo que a nossa profissão requer".

“Quero agradecer a comunidade acadêmica, a Adusc (representação dos servidores docentes) que participou de todo o processo e também da reunião, o mesmo para Afusc (representação do servidores técnicos), a representação discente com contribuições importantíssimas e um agradecimento especial, nesse caso específico, à comissão que elaborou essa minuta que originou essa resolução e à Secrege pelo trabalho árduo. Os desafios serão superados e de uma maneira democrática vamos convergir para uma Uesc cada vez maior”, concluiu.

Compartilhe este conteúdo