Representante da Technion Israel Institute of Technology faz visita técnica a Uesc

O trabalho do Centro de Inovação do Cacau em prol da cadeia da cacauicultura no Brasil despertou o interesse da Universidade de Israel
Por Ascom
19/11/2020 00h00

A visita técnica do representante da Technion Israel Institute of Technology, uma universidade pública, em Haifa, Israel, à Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), amplia a possibilidade de construção de parceria entre as duas instituições.

O representante da Technion Israel Institute of Technology Sr. Ricardo Lomanski, foi recebido pelo reitor da Uesc, professor Alessandro Fernandes de Santana, pelo vice-reitor, professor Maurício Moreau e pelos professores: Cristiano Vilela, diretor científico do Centro de Inovação do Cacau - CIC e secretário do Parque Científico tecnológico do Sul da Bahia – PCSTB; Samuel Saito, gerente de análises e serviços do CIC e Ticiana Moura, assessora de relações internacionais, além da analista de relacionamento com o cliente do CIC, Dida Moreno, em reunião realizada no auditório do CIC.

O objetivo da Technion Israel Institute of Technology em vir à Uesc foi despertado devido ao trabalho que o Centro de Inovação do Cacau (CIC) tem desenvolvido em prol da cadeia cacauicultura no Brasil ao realizar o monitoramento de sua qualidade. 

“Esta visita é mais uma confirmação dos ganhos que a região pode obter com a instalação de parques tecnológicos, integrando o poder público e a comunidade científica com o mercado empresarial,” comentou o reitor da Uesc, Alessandro Fernandes de Santana.

Segundo a professora Ticiana Moura, a “Uesc vem buscando reforçar suas parcerias internacionais com atores que possam não só trazer benefícios ao público interno da Universidade, mas também ultrapassem as suas fronteiras.”

A Technion Israel Institute of Technology foi fundada em 1912. É a universidade mais antiga do país e oferece títulos em ciência e engenharia, além de arquitetura, medicina, gestão industrial e educação. Embora a língua oficial de instrução seja hebraica, vários cursos de graduação e pós-graduação são ministrados em inglês através do “Technion International”. Technion é a sede de um excelente corpo docente, incluindo três prêmios Nobeis.

Os graduados da Technion compreendem a maioria dos cientistas e engenheiros educados em Israel, que compõem mais de 70% dos fundadores e diretores das indústrias de alta tecnologia do país.

Compartilhe este conteúdo